Projeto 360 é destaque no Polo Bela +

Cerca de 300 produtores participaram do evento, que discutiu tecnologia, cenário e mercado do milho safrinha
By Belagricola 4 meses atrásSem comentários
Home  /  Blog  /  Projeto 360 é destaque no Polo Bela +

Produtores assistem a palestra no estande do Belaprecisão

Realizado em 17 de julho na Unidade de Difusão Tecnológica da Belagrícola, em Cambé (PR), o Polo Tecnológico Bela + Milho 2018 apresentou uma proposta audaciosa aos participantes: uma terceira safra no ano, demonstrada através do Projeto 360.

Desenvolvido pela Belagrícola com a adoção de tecnologias de manejo, o Projeto 360 permite ao agricultor potencializar o uso de sua área e colher até três safras anualmente.

O Polo Tecnológico Bela + recebeu 300 produtores rurais de várias cidades, que também conheceram 10 estações com demonstrações de experimentos agrícolas dos principais fornecedores do agronegócio, como Syngenta, Dekalb, Agrichem, Basf, FMC, Biolchim, Master, UPL e LG.

O objetivo do evento foi apresentar as principais inovações desenvolvidas para o milho safrinha, que vem crescendo em importância para o produtor rural.  Na programação, discussões sobre tecnologia, posicionamento e cenário agrícola relativo à cultura.

Fernando Melatti, coordenador de marketing da Belagrícola, explica que o Projeto 360 convida o agricultor a olhar não só para uma, mas o para o conjunto das suas safras durante o ano e todas as demandas e manejos que têm que ser preparados para alcançar esse objetivo.

“Além de trabalhar na estruturação do solo com uma boa cobertura, é preciso investir em uma genética de qualidade e manejo para, além da safra de soja e de milho, investir em uma terceira safra”, salienta Melatti.

Alexandre Yamamoto, coordenador técnico da Belagrícola, que falou aos participantes sobre bioativação, ressaltou a necessidade do diagnóstico do solo. “A gente precisa ter um diagnóstico bem preciso do solo porque trabalhar três safras em um ano agrícola, exige muito do solo e o conhecimento apurado de onde estão as suas limitações é muito importante. É aí que entra o Belaprecisão para levantar todas essas informações”.

A Dekalb apresentou uma semente de milho específica para quem pensa em mais uma safra, que pode ser de milho ou uma área de cobertura. “Diferente de milhos precoces que têm ciclos de 140 a 145 dias, o híbrido que estamos demonstrando entrega um ciclo de 115 a 120 dias, permitindo um plantio no final de janeiro ou início de fevereiro para conseguir uma colheita no mês de maio”, explica Thiago Fabrício, representante da Dekalb.

 

Terceira safra empolga produtores

 Para Paulo César da Silva, produtor de Sabáudia (PR), uma safra extra ajudaria bastante. “Hoje as janelas estão muito apertadas e a renda do produtor, a cada ano que passa, fica mais difícil de aumentar. Então, tendo essas condições, facilita bem mais e ajuda a agregar mais valor à propriedade”.

Luiz Henrique de Paula, produtor de Rolândia, diz que reinvestiria o valor que ganhasse na terceira safra. “Com duas safras, o alto custo e o baixo preço, seria interessante mais um ganho para o produtor rural poder reinvestir na terra”.

Sérgio Ito, produtor de Londrina, afirma que seria um sonho realizado: “É o sonho de todo o produtor tirar três safras no ano. É um caso a se pensar, mas requer muito planejamento”.

O especialista e consultor Leonardo Sologurem proferiu a palestra “Tendências e oportunidades do mercado de milho”. Ele destacou a importância do Brasil como o segundo maior exportador de milho do mundo. “É importante lembrar que o milho safrinha vem crescendo de carona com a soja até mesmo em exportações. Por isso a gente passa a ter mais uma cultura de uma importância internacional enorme”.

 

Categorias:
  Blog, Destaque, Imprensa, Notícias, _HOME
esta publicação foi compartilhada 0 vezes
 200
Sobre

 Belagricola

  (11 publicações)

Escrever um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.